SMART GRIDS: REDES INTELIGENTES DE ENERGIA

Redes inteligentes de energia deverão impulsionar o segmento das casas inteligentes

Texto: José Assunção
Imagens: Divulgação

As Smart Grids, ou redes inteligentes de energia, se tornaram uma realidade em vários países. No Brasil, já estão em fase de implantação (a estimativa é que, nos próximos anos estarão em pleno funcionamento).

Essas redes exigirão plena comunicação entre a casa e os novos serviços oferecidos, proporcionando, além de um controle mais preciso do fornecimento de energia, diversos serviços atrelados à estrutura em que serão disponibilizados.

Integração
Nos países onde esses serviços já estão disponíveis, a implantação de sistemas domóticos para a gestão de energia está ganhando força no novo segmento. Uma diversidade de produtos poderá ser implantada, e estes serão capazes de responder às mudanças nas condições da rede, tais como: preços da energia, picos críticos e outros eventos, visando a gestão e a redução do consumo.

Mas, com a diversidade de sistemas e protocolos disponíveis, como integrar com os novos serviços? A solução já esta a caminho: é o USNAP (Universal Smart Network access  point), uma plataforma que permite a qualquer padrão HAN (Home Area Network) se comunicar com os serviços públicos, gateways de energia e outros dispositivos dentro da residência.

Esta plataforma é um protocolo independente de interface de comunicação modular (MCI) que permite a fabricantes desenvolver e produzir dispositivos e equipamentos inteligentes, que serão capazes de interagir uns com os outros, bem como com a Smart Grid.

Solução consolidada
O USNAP já faz parte do padrão ANSI/CEA-2045, que define todas as características que os dispositivos precisam atender para a interconexão de produtos de consumo com as múltiplas plataformas de comunicação disponíveis no mercado atual e futuro. A ideia é oferecer uma interface com custo bastante acessível para que os dispositivos possam se comunicar, disto resultando um melhor desfrute dos benefícios das casas conectadas.

O padrão USNAP suportará uma grande variedade de classes de dispositivos. Atualmente já pode ser encontrado para sistemas simples, como ZigBee e Z-Wave. Porém, já estão em desenvolvimento para sistemas mais completos e complexos.

É uma solução já consolidada no mercado norte-americano, onde a venda de dispositivos simples de automação é feita até em lojas como o Wallmart. Lá, o próprio cliente adquire, instala e configura os dispositivos por meio de aplicativos no smarthphone.

 

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA